Sunday, February 25, 2007


Fado do Sobreiro - João Braza

La no cimo do montado no ponto mais elevado
havia um enorme sobreiro
de todos era a cobiça, a dar bolota e cortiça
no montado era o primeiro
Mas um dia a tempestade, fez ouvir la na herdade
o ribombar de um trovao e no céu uma faixa risca,
uma enorme faisca fez o sobreiro em carvão
passaram anos e agora no mesmo sitio la mora um chaparro altaneiro
e em noites de luar ouve-se o montado a chorar
com saudades do sobreiro
é assim a nossa vida constantemente vivida
quase sempre a trabalhar
mas se um dia a morte vem
nós deixamos sempre alguem
com saudades a chorar...

1 Comments:

Blogger A.Caeiro said...

Boa foto!

2:42 PM  

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home